Mobilização contou com a presença de farmacêuticos, biomédicos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, enfermeiros e outros A presidente do CRF-SP, dra. Raquel Rizzi, manifesta apoio da entidade à Virada da SaúdeA presidente do CRF-SP, dra. Raquel Rizzi, manifesta apoio da entidade à Virada da Saúdeprofissionais da saúde

 


Profissionais e estudantes de diversas áreas da saúde reuniram-se sábado, 27 de fevereiro, no Parque do Ibirapuera, na capital, durante a Virada da Saúde, evento que serviu de manifesto contra o Ato Médico promovido pelo Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Estado de São Paulo (Crefito/SP), com o apoio de outros Conselhos, entre os quais o CRF-SP.

 

Flagrante de venda de alheios em drogaria no interior de São PauloFlagrante de venda de alheios em drogaria no interior de São PauloNo momento em que associações do comércio varejista divulgam suposta ilegalidade nas novas regras impostas pela Instrução Normativa 09/09 da Anvisa, alardeando a proteção concedida por liminares que podem ser revertidas a qualquer momento, o CRF-SP acaba de obter mais uma nova vitória no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A conquista firma o posicionamento amplamente defendido pelo CRF-SP sobre a impossibilidade da comercialização de produtos alheios ao ramo farmacêutico em farmácias e drogarias.

 

Projeto de lei prevê que apenas drogas e insumos farmacêuticos deverão ser identificados pela denominação constante na Farmacopeia BrasileiraProjeto de lei prevê que apenas drogas e insumos farmacêuticos deverão ser identificados pela denominação constante na Farmacopeia BrasileiraObjetivo da proposta é  atualizar a lei de acordo com o que acontece na prática

 

O PL 6.745/10 de autoria do senador Osmar Dias (PDT/RJ), que tramita na Câmara dos Deputados em regime de prioridade, anula a proibição de serem atribuídos nomes de fantasia aos medicamentos com uma única substância ativa e aos imunoterápicos. A proposta altera o § 4° do art. 5° da Lei nº 6.360/76.

 

 De acordo com a nova redação, apenas as drogas e insumos farmacêuticos deverão ser identificados pela denominação constante da Farmacopeia Brasileira e não poderão, em hipótese alguma, ter nomes ou designações de fantasia, assim excetuam-se da regra as vacinas e medicamentos com uma única substância ativa.

Medida foi publicada no Diário Oficial da União em 23/02Medida foi publicada no Diário Oficial da União em 23/02Consumidor poderá adquirir medicamento para tratamento da gripe A com preços populares

 

O Diário Oficial da União publicou na terça-feira (23/02) a inclusão do medicamento fosfato de oseltamivir, o Tamiflu®, no Programa Farmácia Popular entre 15 de abril de 2010 e 15 de março de 2011.

 

O medicamento usado no tratamento de gripe A(H1N1) fará parte da lista de itens subsidiados pelo governo federal em até 90% e que também são vendidos na rede privada de farmácias credenciadas ao programa. O consumidor pagará apenas 10% do valor por cada comprimido vendido com obrigatória apresentação e retenção de receita médica, e o estabelecimento será reembolsado pelo governo.

Promovida pelo Crefito/SP com apoio de outros Conselhos, “Virada da Saúde” acontece neste sábado, no Parque do Ibirapuera


Foi marcada uma manifestação para o próximo sábado, 27 de fevereiro, no Parque do Ibirapuera, na capital, liderada pelo Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Estado de São Paulo (Crefito/SP), contra o projeto de lei denominado Ato Médico.

A programação se divide em duas partes, começando por um checape gratuito, das 10 às 17h, para a população nos oito estandes, tais como avaliação postural e cardiopulmonar, antitabagismo, pilates, teste de memória, exame visual, instruções preventivas de mama, auriculoterapia, teste de diabetes entre outros.

Diretores do CRF-SP e representante da Anvisa durante entrevista coletiva que divulgou balanço da Operação FênixDiretores do CRF-SP e representante da Anvisa durante entrevista coletiva que divulgou balanço da Operação FênixMedicamentos falsificados, contrabandeados e ausência de farmacêutico foram algumas das irregularidades encontradas durante a operação

  

A Operação Fênix, realizada nos dias 18 e 19 pela Anvisa e o CRF-SP, em conjunto com a Polícia Civil de São Paulo e a Polícia Federal, e que ao todo fiscalizou 13 estabelecimentos nas cidades de São Paulo e Guarulhos, terminou com seis interdições e quatro pessoas presas. A ação teve por objetivo orientar e fiscalizar farmácias e drogarias de acordo com a RDC 44/09, cujo prazo para adequação terminou no dia  18, e que dispõe sobre Boas Práticas de Dispensação e Comercialização de Produtos e Prestação de Serviços Farmacêuticos em Farmácias e Drogarias.

Homeopatia é praticada no Brasil desde 1840Homeopatia é praticada no Brasil desde 1840Comunicado do CRF-SP rebate críticas do parlamento britânico a medicamentos homeopáticos

 

 

Nos últimos dias tem sido publicada na imprensa brasileira a notícia sobre uma recomendação do Comitê de Ciência e Tecnologia do Parlamento Britânico no sentido de interromper o financiamento da homeopatia pelo governo do Reino Unido, sob a alegação de “ineficácia” e de que “as explicações científicas não são convincentes”.

Prezado Colega Farmacêutico,

 

 

No dia 18 de fevereiro terminou o prazo para as farmácias e drogarias se adequarem à RDC nº 44, e as Instruções Normativas nº 9 e 10, de 17 de agosto de 2009. Sendo assim, o Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo convoca todos os farmacêuticos para atuarem como multiplicadores de informações que demonstrem a importância dessas normas para a saúde pública.

Dr. Pedro Menegasso concedeu entrevista à Globo NewsDr. Pedro Menegasso concedeu entrevista à Globo NewsDesde a última semana, CRF-SP é procurado por veículos de imprensa para falar sobre a RDC 44/09

 

 
A expectativa mediante as mudanças nas farmácias e drogarias, previstas pela RDC 44/09 e Instruções Normativas 9 e 10, reflete-se num grande número de entrevistas concedidas pelo CRF-SP a importantes veículos de comunicação. Desde a última semana, os diretores são procurados pela imprensa para dar explicações sobre as novas normativas da Anvisa. Em todas as ocasiões, eles enfatizam que a principal beneficiada será a população que, a partir de agora, terá garantido seu direito à orientação do farmacêutico ao adquirir medicamentos isentos de prescrição, além de frequentar um estabelecimento responsável que não comercializa qualquer tipo de produto.

 


Pleno direito à orientação farmacêutica é principal ganho da população com a RDC 44/09Pleno direito à orientação farmacêutica é principal ganho da população com a RDC 44/09

CRF-SP alerta para o cumprimento da norma que, entre outras medidas, impede que os medicamentos isentos de prescrição fiquem ao alcance do consumidor, além de proibir a venda de produtos alheios em farmácias e drogarias

 

Após uma série de bombardeios de entidades que está diretamente relacionada ao comércio varejista, a RDC 44/09 entra em vigor nesta quinta-feira, 18 de fevereiro, em todas as farmácias e drogarias do país. As medidas têm sido notícia em toda a imprensa e em todas as entrevistas os representantes do CRF-SP são enfáticos ao afirmar que a norma é um grande benefício para a população e fará toda a diferença em relação aos altos índices de intoxicação e outros problemas relacionados ao uso de medicamentos.

O uso racional de medicamentos e acesso aos produtos farmacêuticos foi tema do painel realizado pela Anvisa na quinta-feira, 11 de fevereiro. A discussão envolveu temas como a relevância pública das farmácias e drogarias como atividade empresarial e os aspectos políticos, éticos e legais envolvidos.

O diretor-tesoureiro do CRF-SP, dr. Pedro Menegasso, acompanhou o evento e destacou: “A participação do CRF-SP neste evento foi fundamental por conta da proximidade da implantação da RDC 44/09 e pela possibilidade de discussão do setor regulado e regulador. Essa discussão contribui para reforçar as ações do CRF-SP em favor da farmácia estabelecimento de saúde”.

Profissionais da saúde, entre os quais representantes do Ministério da Saúde, conselhos de farmácias, entidades de defesa do consumidor e associações que reúnem indústrias, farmácias e drogarias, participam hoje (11 de fevereiro), na sede da Anvisa, em Brasília, do painel com o tema “Uso racional de medicamentos: regulação de promoção e do acesso a produtos farmacêuticos em farmácias e drogarias”.

 

O CRF-SP está representado no evento pelo diretor-tesoureiro, dr. Pedro Menegasso, que acompanha as discussões.

Atenção!Atenção!Entidades com interesses puramente comerciais expõem a população a riscos causados pelo consumo inadequado de medicamentos

 

 O bombardeio de informações da Abrafarma (Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias) e mais recentemente da ABCFarma (Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico) em relação à suspensão da RDC 44/09 está causando confusão aos usuários de medicamentos e principalmente aos farmacêuticos. As entidades vêm divulgando incessantemente que possuem uma liminar que suspende a RDC 44/09 e que as empresas associadas não precisarão se adequar à norma a partir de 18 de fevereiro, ou seja, poderão comercializar nas farmácias e drogarias qualquer tipo de produto (apesar da prática ser proibida pela lei 5991, desde 1973) e ainda não terão que tirar os medicamentos isentos de prescrição do autosserviço. 

  O Conselho Regional de Farmácia de São Paulo esclarece que a liminar suspende as instruções normativas 9 e 10 e os itens da RDC 44/09 que remetem a ambas.

O novo presidente do Sindusfarma, Omilton Visconde Junior, ao lado da dra. Raquel RizziO novo presidente do Sindusfarma, Omilton Visconde Junior, ao lado da dra. Raquel RizziFoi empossada na segunda-feira, 8 de fevereiro, a nova diretoria do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos do Estado de São Paulo (Sindusfarma), para a gestão 2010/2012.

 

A cerimônia de posse aconteceu na sede da entidade, em São Paulo (SP), e foi prestigiada por autoridades diversas e representantes de entidades farmacêuticas, entre as quais a presidente do CRF-SP, dra. Raquel Rizzi.

 

Programação de palestras estará disponível no portal CRF-SP nesta quinta-feiraProgramação de palestras estará disponível no portal CRF-SP nesta quinta-feiraFarmacêuticos de São Paulo serão os primeiros do país a passar por capacitação pelos técnicos da Anvisa e do CRF-SP. Profissionais poderão fazer peticionamento na hora

Desde o dia 1º de fevereiro, as petições relacionadas à Autorização de Funcionamento (AFE) de farmácias e drogarias podem ser encaminhadas a Anvisa por meio eletrônico, sem a necessidade do envio físico da documentação. A novidade, estabelecida pela Resolução RDC nº 01/10, pretende reduzir o tempo de análise dos processos e evitar o acúmulo desnecessário de papel.

Medicamento é indicado para o tratamento da obesidadeMedicamento é indicado para o tratamento da obesidadeAumento de riscos de problemas cardiovasculares faz a Anvisa divulgar novas contraindicações ao medicamento

 

Depois da suspensão da prescrição e venda da sibutramina recomendada pela Agência Europeia de Medicamentos (Emea), com base num estudo que demonstrou o aumento do risco de desenvolver problemas cardiovasculares em pacientes que fazem uso da substância, foi a vez da Anvisa divulgar um alerta sobre o medicamento. No entanto, a Agência não determinou a proibição da prescrição e uso da sibutramina no Brasil, como fez o comitê europeu.

Como parte da programação do X Encontro Paulista de Farmacêuticos, foi realizado em 21 de janeiro, no auditório da Universidade Anhembi Morumbi, na capital, o III Ciclo de Palestras ABC e CRF-SP em Comemoração ao Dia do Farmacêutico, com palestras voltadas para profissionais atuantes na área de cosmetologia.

 

 O primeiro tema abordado foi “Business Plan de um Empreendimento Cosmético”, tendo como palestrante a consultora e especialista em marketing Rejane Padovani, que destacou ser imprescindível que uma marca de produtos cosméticos seja construída de forma alinhada aos valores da empresa, sem perder o foco no cliente.