Farmacêutico, faça um vídeo contando uma história de um atendimento que marcou sua vida profissional

 

São Paulo, 30 de janeiro de 2019

O CRF-SP quer conhecer histórias que marcaram a vida profissional dos farmacêuticos. Para isso, acaba de lançar uma campanha para que os farmacêuticos gravem vídeos ou enviem depoimentos por escrito descrevendo um atendimento ou uma ação que fez toda a diferença para a saúde e a vida do paciente, uma situação que marcou sua trajetória profissional. Pode ser também uma situação em que a atuação do farmacêutico foi decisiva para garantir melhor atendimento ou segurança aos pacientes.
O objetivo dessa campanha é reforçar a importância da atuação do farmacêutico na vida dos pacientes e também como profissional de saúde mais próximo à população.
Não importa a área em que o profissional atue, o importante é registrar um caso, um momento em que a atuação do farmacêutico fez toda a diferença. Conte sua história, participe!

 

IMPORTANTE:
Todas as histórias serão avaliadas pela equipe editorial e as selecionadas serão divulgadas nas redes sociais do CRF-SP. Ao enviar sua história ou vídeo, o farmacêutico automaticamente concorda com sua divulgação pelo CRF-SP nos meios de comunicação da entidade (site, revista e mídias sociais) sem nenhum tipo de ressarcimento futuro, em período nenhum.

 

Veja como participar

Os vídeos devem ter até dois minutos e os depoimentos até 2 mil caracteres e serem enviados pelo Whatsapp (11) 99963-8129 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Orientações para gravar o vídeo

- Grave o vídeo preferencialmente com o celular na posição horizontal;
- Fique em pé para falar;
- Procure um lugar silencioso e de preferência com uma luz natural próxima, como uma janela ou ao ar livre;
- Observe o ambiente para que não apareça nada de fundo que você não ache legal mostrar;
- Sinta-se bem, vista uma roupa que goste e se quiser faça uma maquiagem leve;
- Não mexa muito o celular enquanto estiver gravando, se tiver tripé melhor ainda;
- Não fique muito próxima de paredes, procure um lugar que seja possível ver a profundidade do espaço escolhido;
- Olhe para a câmera e lembre-se do sorriso.

Atenção:

- Tenha cuidado para não aparecer na gravação nenhuma marca de medicamento, produto, serviço ou empresa;
- Cuidado com a linguagem (não use gírias, termos grosseiros ou palavrões);
- Comece se apresentando e informando a atividade que você desenvolve (Olá, meu nome é ...... sou farmacêutico proprietário de farmácia... ). Não cite o nome da empresa em que você trabalha. Quando mencionar isso diga apenas “sou farmacêutico proprietário” ou “sou farmacêutico e atuo em uma rede de farmácias” ou “sou farmacêutico e atuo no posto de saúde da cidade tal” ou “sou farmacêutico e atuo em um hospital público ou privado da cidade tal”, etc.
- Não faça menção a nomes de pacientes nem de outros profissionais de saúde. Diga apenas o paciente, o familiar da paciente; o prescritor, o médico, a enfermeira, etc.
- Não faça críticas ou emita juízo de valor sobre outros profissionais de saúde. Use expressões como “verifiquei que a prescrição estava incorreta e entrei em contato com o prescritor”
- Não cite o nome de empresas públicas ou privadas, nem de medicamentos, produtos ou serviços. Cite apenas “o hospital”, o laboratório”, “a clínica”, etc.
- Evite termos e expressões muito técnicas. Lembre-se que leigos vão assistir ao seu vídeo.

 

Departamento de Comunicação

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS