Confira algumas dicas importantes e veja a cartilha completa sobre o uso correto de medicamento

 

Clique na imagem para acessar a cartilhaClique na imagem para acessar a cartilhaSão Paulo, 27 de abril de 2018

A automedicação ou o consumo sem orientação de medicamentos é tão grave que, para se ter uma ideia, no Estado de São Paulo, metade dos casos de intoxicação ocorrem por uso indevido de medicamentos. Em todo o Brasil é registrado duas intoxicações por hora pelo mesmo motivo, segundo o Sistema Nacional de Informações Tóxico- Farmacológicas da Fundação Oswaldo Cruz (Sinitox - Fiocruz).

Para alertar sobre os cuidados que devem ser observados no uso de medicamentos, institui-se o dia 5 de maio como o Dia Nacional do Uso Racional de Medicamento. É uma data muito importante para todos os profissionais de saúde que atuam de prescrição ou dispensação de medicamento, caso do Farmacêutico, o profissional de saúde mais acessível à população e especializado em medicamentos.

Mas, afinal, o que é uso racional de medicamentos?
Um conceito simples: uso racional significa que o medicamento foi prescrito para o paciente por um profissional de saúde habilitado para essa função; que o medicamento deve ser usado de maneira correta, conforme indicado na prescrição; nos horários corretos, na quantidade receitada e no período de tempo recomendado. Qualquer uso além disso pode colocar a saúde do paciente em risco.

A automedicação, ou o uso de medicamentos indicados por parentes, amigos ou vizinhos, pode representar sérios riscos à saúde originados pelo uso do medicamento incorreto e causar intoxicação, mascaramento ou agravamento dos sintomas ou mesmo alguma reação adversa. Nem sempre um medicamento indicado para uma pessoa serve para outra, depende muito do histórico de saúde de cada uma, de questões alérgicas, idade entre outro vários problemas. Lembrem-se, a dica é evitar sempre a automedicação.

O CRF-SP, entre outras ações para promover a data, publicou um material orientativo para população com algumas dicas, entre elas:

• Jamais tome um medicamento sem orientação de um profissional de saúde.

• Se o paciente tem qualquer dúvida sobre uso de medicamentos ou sobre a prescrição ele pode e deve procurar um farmacêutico.

• Tome medicamento somente com água, evite outro tipo de bebida pois podem interferir no eficácia do medicamento;

• Evite ingerir bebida alcoólica se estiver utilizando algum medicamento;

• Não abra as cápsulas, não amasse os comprimidos e não dilua o conteúdo em água ou outro líquido sem a orientação do médico, dentista ou do farmacêutico;

• Não misture medicamentos sem a devida orientação. O uso de um medicamento pode prejudicar o efeito do outro ou causar alguma reação inadequada;

• Para a sua segurança compre medicamento somente em farmácias;

• Não tome medicamento vencido, sua saúde depende desse cuidado!

• Utilize antibióticos apenas com receita médica, devidamente prescrito pelo médico ou dentista e com orientação do farmacêutico. O antibiótico deve ser utilizado pelo período completo indicado da prescrição, não interrompa o uso para evitar recaída e aumento da resistência bacteriana.

Clique aqui e faça o download da cartilha

Assista aqui ao vídeo com as dicas da Palmirinha.

 

Monica Neri

Departamento de Comunicação CRF-SP

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS