Farmacêutico folguista passa a chamar Farmacêutico substituto eventual

São Paulo, 2 de setembro de 2019.

O CRF-SP tem atuado para que o farmacêutico possa realizar os principais serviços de forma eletrônica sem precisar se deslocar até a sede, subsede ou uma das seccionais. Uma das recentes mudanças é a alteração da nomenclatura do farmacêutico “folguista”. Este “folguista” foi criado no passado para cobrir folgas eventuais de farmacêuticos titulares. No entanto, sua figura não permitia ter seu nome exibido na Certidão de Regularidade, realizar comunicados de ausência e também criava certa ineficiência no momento em que as empresas e farmacêuticos precisavam se regularizar, mas não compreendiam as diferenças de um farmacêutico substituto e de um folguista.

No intuito de racionalizar estes processos, o farmacêutico folguista deixará de existir e passará a ser denominado “farmacêutico substituto eventual”. Na prática, o que muda é que este profissional terá seu nome exibido na Certidão de Regularidade e poderá realizar comunicado de ausência.

Por ser um farmacêutico substituto eventual, continuará sendo possível a múltipla responsabilidade, pois pode atuar em várias empresas, não haverá necessidade de apresentação do vínculo empregatício e, consequentemente, não haverá cobranças de arquivo de documentos de assunção.

Farmacêutico substituto temporário

A fim de atender as necessidades das empresas, também foi criado o “farmacêutico substituto temporário”, que poderá substituir outro farmacêutico no período de até 30 dias, sem a necessidade de formalidades como vínculo empregatício e custos. Neste caso, a Certidão de Regularidade da empresa não sofrerá alterações e também não será necessário protocolizar a baixa, que será realizada pelo próprio Conselho ao final do período indicado na assunção.

As mudanças entraram em vigor em 2 de setembro para as novas assunções. As empresas que já contam com os folguistas, permanecerão com a Certidão de Regularidade vigente até a sua validade.

As solicitações desses serviços podem ser realizadas pelo atendimento eletrônico disponível no portal CRF-SP.

 

Departamento de Comunicação CRF-SP

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS