Índice de Artigos

Na sexta-feira (5/12) o ciclo de palestra de 2008 se encerrou no Auditório do Conselho Regional de Medicina (Cremesp). Para o presidente do Cremesp, dr. Henrique Carlos Gonçalves, foi uma honra sediar o evento que contou com mais de 50 participantes. “Estamos comprometidos com essa campanha de interesse social, que pretende fazer da farmácia um estabelecimento de saúde e do medicamento um bem público”.

Ainda segundo dr. Henrique, o  direito ao comércio e ao lucro não pode estar acima de outras tarefas que devem ser assumidas pelas farmácias e drogarias. “Esses estabelecimentos devem ser transformados em locais privilegiados de promoção da saúde e do uso racional de medicamentos”.

No decorrer das apresentações, o público interagiu com perguntas e relatos de situações vivenciadas na cidade. Em repostas aos questionamentos dra. Raquel Rizzi, presidente do CRF-SP, chamou a atenção dos farmacêuticos para se unirem e enfrentar a questão comercial, já que esse assunto foi questionado durante todos os momentos da palestra. Dra. Raquel também sugeriu a criação de uma Associação de Farmacêuticos do Estado de São Paulo para lutar em prol das concorrências com as grandes redes.