A coordenadora da Comissão, dra. Heloísa Andrighetti, apresentou aos participantes as principais contribuições dos membros voluntários  do CRF-SP, como a resolução do CFF 477/08, que dispõe sobre as atribuições do farmacêutico no âmbito das plantas medicinais e fitoterápicos. A secretária-geral do CRF-SP, dra. Margarete Kishi, destacou a importância do farmacêutico acompanhar todas as etapas desde o plantio da matéria-prima até a dispensação final para garantir a qualidade do fitoterápico.

Durante a palestra sobre cosméticos orgânicos, dr. Gustavo Isaac, ressaltou todos os requisitos para que um produto seja considerado orgânico. Destacou ainda a ausência de legislação específica no Brasil para o setor, fato que resultou na criação de referências pelas empresas certificadoras. Entre as características de cosméticos orgânicos está a proibição do uso de silicone e derivados de petróleo.

 

 

Dr. Gustavo Isaac falou sobre cosméticos orgânicosDr. Gustavo Isaac falou sobre cosméticos orgânicos

 

 

A palestra sobre Antroposofia, do dr. Daniel Magano, destacou que os medicamentos antroposóficos são produzidos de forma industrial ou magistral, devendo obedecer a critérios de qualidade condizentes com as farmacopeias.

A parte prática do seminário ficou por conta dos farmacêuticos acupunturistas, dr. Antônio Iwasaki e dr. Raimundo Renato Guimarães. O exercício da acupuntura pelo farmacêutico, de acordo com a Resolução do CFF nº 353/00, e ainda o uso de fitoterápicos em pontos de acupuntura foram alguns dos assuntos abordados na palestra.

 

 

Dr. Raimundo Guimarães, membro da Comissão Assessora de Acupuntura do CRF-SP, fez demonstrações práticas durante a palestraDr. Raimundo Guimarães, membro da Comissão Assessora de Acupuntura do CRF-SP, fez demonstrações práticas durante a palestra

  

 

O seminário encerrou com a participação do dr. Sergio Tinoco Panizza, vice-coordenador da Comissão Assessora de Fitoterapia e presidente do Conselho Brasileiro de Fitoterapia, que enfatizou o uso de plantas medicinais em manipulação magistral. Dr. Panizza destacou a assistência farmacêutica desde o cultivo da planta até a farmacovigilância, etapa após a dispensação final. Ele ainda mostrou as diferenças de uma erva baleeira tratada, que recebeu nutrientes adequados e outra que nasceu espontaneamente.

  

Dra. Margarete Akemi Kishi, dra. Raquel Rizzi e dr. Sérgio PanizzaDra. Margarete Akemi Kishi, dra. Raquel Rizzi e dr. Sérgio Panizza

 

Comitê Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos

No dia 29 de setembro, em Brasília, a CONBRAFITO (Conselho Brasileiro de Fitoterapia) participou da primeira reunião do Comitê Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos, criado em dezembro de 2008, quando foi aprovado, por meio de portaria interministerial, o Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos (PNPMF). 

Na ocasião, o CONBRAFITO, representado pelo dr. Sérgio Tinoco Panizza, membro da Comissão Assessora de Fitoterapia do CRF-SP, tornou-se titular do Comitê Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos pelo Ministério da Agricultura.

Com mandato de dois anos, o Comitê Nacional terá, entre outras atribuições: a função de definir critérios, parâmetros, indicadores e metodologia voltados à avaliação da PNPMF, sendo as informações geradas no interior dos vários planos, programas, projetos, ações e atividades decorrentes dessa Política Nacional; avaliar a ampliação das opções terapêuticas aos usuários e a garantia de acesso a plantas medicinais, fitoterápicos e serviços relacionados à fitoterapia no SUS; acompanhar as iniciativas de promoção à pesquisa, desenvolvimento de tecnologias e inovações nas diversas fases da cadeia produtiva; e acompanhar a consonância da Política e do Programa com as demais políticas nacionais.

O CRF-SP e o CONBRAFITO têm como membros comuns, além de dr. Sérgio Tinoco Panizza, a dra. Margarete A. Kishi, secretária-geral, e a dra. Eloísa Andrighetti, coordenadora da Comissão Assessora de Fitoterapia. O CONBRAFITO, parceiro do CRF-SP, trabalha na busca pela excelência da Assistência Farmacêutica com plantas medicinais e fitoterápicos.