Sem jamais ter planejado ocupar um cargo político, o dr. Vitor conta que a Farmácia passou a fazer parte de sua vida muito cedo, quando tinha 12 anos. “Naquela época não havia restrições para se trabalhar nessa idade. Além disso, meu tio era farmacêutico e minha tia lecionava Farmacologia em Araraquara, o que ajudou a despertar meu interesse pela profissão.”

Paulistano da Vila Maria, região Norte da Capital, o farmacêutico mudou-se aos 8 anos para Guarulhos. Aos 27, graduou-e em Farmácia e Bioquímica na Universidade Nove de Julho. Depois cursou pós-graduação em Vigilância em Alimentos. Atualmente é sócio-proprietário da drogaria Vitalfarma, localizada no Jardim Presidente Dutra.

“Já são mais de 30 anos convivendo e conhecendo a fundo os problemas de Guarulhos, principalmente os da área da saúde. Os atendimentos na farmácia me deram a noção do contingente de pessoas carentes que vivem aqui”, afirma. “A saúde pública é precária, e muitas vezes, nós, farmacêuticos, temos de fiscalizar as prescrições feitas pelos médicos, e até indicar ao paciente que procure uma segunda opinião em outro posto de saúde”, revela o farmacêutico “Vitor da Farmácia”.

O voto de confiança dado pela população emocionou o farmacêutico, que, no terceiro mês de mandato põe em prática um projeto educacional de formação profissional, com cursos de informática, inglês, espanhol, iniciação à música. Em breve, serão abertas turmas de telemarketing e recursos humanos. Segundo o vereador, 160 pessoas são atendidas pelo projeto.