Os investigadores fizeram a descoberta durante experiências nas quais pretendiam avaliar os benefícios de um composto antioxidante do chá para aumentar os efeitos do medicamento.

Ao contrário do esperado, as conclusões apontaram que o composto travava a ação do medicamento no organismo. Os pesquisadores descobriram que as substâncias do chá verde podem deslocar a medicação das proteínas que carregam a droga no sangue, e acelerar o seu metabolismo no fígado, diminuindo a sua reação farmacológica.