Nota técnica esclarece sobre surto de contaminações por cepa rara da bactéria na Europa


Escherichia coli: surto de contaminações na Europa é provocado por cepa rara da bactériaEscherichia coli: surto de contaminações na Europa é provocado por cepa rara da bactériaSão Paulo, 6 de junho de 2011.

Devido ao surto de contaminações provocadas pela bactéria Escherichia coli na Europa, o Ministério da Saúde e a Anvisa divulgaram uma nota técnica para esclarecer a população brasileira. De acordo com o documento, o problema vem sendo causado por uma cepa rara da bactéria cujas informações são acompanhadas em tempo real pelas autoridades brasileiras.

A nota também esclarece que, até o momento, não há necessidade de adoção de medidas restritivas por parte da Anvisa. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Brasil não importa os três alimentos atualmente indicados como mais prováveis fontes da contaminação (pepino, tomate e alface).

Quanto aos alimentos em conserva importados da Europa, deve-se esclarecer que esses alimentos não estão relacionados a surtos dessa natureza. Para os viajantes que estejam se dirigindo à Europa, é recomendável evitar consumir vegetais crus, em especial os três citados acima, até que a origem do surto seja confirmada. Além disso, os viajantes devem estar atentos a outras recomendações das autoridades sanitárias da União Europeia.

Clique aqui para ler na íntegra a nota técnica emitida pelo Ministério da Saúde e Anvisa.

 

Renata Gonçalez (com informações da Anvisa)

Assessoria de Comunicação CRF-SP

 

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS